The Sekhmet.

22.Contra as Rinhas.

Posted in Animais. by Nathalia on 13/09/2009

É, mais um post sobre crueldade com animais, e esse tipo de crueldade, que são as rinhas me causa muita angústia, pois são animais sendo forçados a machucarem outros animais.

O complicado de falar sobre as rinhas, é que as rinhas de galos são mais complexas do que parecem. Embora algumas pessoas que defendam os animais não acreditem, existem galos que já nascem com a índole da briga, e desde a época de pintinhos, matam seus irmãos, mas isso não quer dizer que devemos incentivar as brigas de galos, afinal, estas são feitas apenas para vicíados sem mais o que fazer, apostarem seu dinheiro em busca de mais, e ver animais batalharem até a morte.

E infelizmente, existem imbecis (só chamando assim) que vêem as rinhas como um esporte cultural, e são a favor da legalização, apenas porque as rinhas são praticadas desde a época da colonização (aqui no Brasil). Se fosse assim, todos deveriam então continuar cobrindo todas as partes do corpo, evitando pecar em pensamento, fazendo casamentos arranjados, afinal, era o que praticavamos antigamente, né? Francamente, não é por ser algo praticado a muito tempo, que significa estar certo, se querem tanto apostar, porque não lutam até morte? Hipocrisia, ou covardia? Os dois.

Também são famosas a brigas entre cães, principalmente os da raça pit bull, onde estressam os animais até que percam o controle de seus atos (namaioria das vezes são agredidos e passam fome), e colocam para lutar, e só param quando um está quase impossibilitado de se mecher, ou morre.

E não adianta falar que as rinhas ajudam em empregos, mechem com a ecônomia e etc, isso não é desculpa, se for assim, deixem os assassinos matarem, afinal eles ganham pra isso, né? É ser muito ignorante mesmo.

Não existe nada mais sagrado do que a vida, e nada que mereça mais respeito que esta. Não se deve tirar a vida de seja o que for, apenas para diversão, para apostas, para causas fúteis. Se você quer matar um animal para de alimentar, é diferente, porque é uma necessidade. Mas se você quer ver animais combaterem até a morte por dinheiro, se você incentiva, você é aquele a desrrespeitar a vida de um ser, e isso é digno de pena e repulsão, pois enquanto tantos querem entender o motivo da vida, e se esforçam para mante-la (não só suas próprias vidas, mas de outrem), você incentiva a morte por algo inútil, por um dinheiro sujo, que no dia em que morrer, não poderá levar consigo.

Então, os que apoiam as rinhas, se estão afim de apostar vidas, apostem as suas. Garanto que não farão falta.

8 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Aqui Tem said, on 13/09/2009 at 9:24 am

    Aff olha nem consegui ler tudo pq fico indignado com tamanha maldade, òtimo post

  2. Karin k. Carteri said, on 14/09/2009 at 10:13 am

    A crueldade humana é universal e diversas culturas oferecem tradições por ela caracterizadas. No entanto, penso que, como o ser humano evolui, o abandono destas ‘tradições” acontecerá quando a espécie humana atingir algo como um grau absoluto de empatia ao próximo, seja ele quem for. Enquanto isso não acontece, denunciar, prender e punir é o caminho para “civilizar a barbárie”.

    O link de teu blog já está lá no meu.

    Abç!

  3. João Filipe said, on 14/09/2009 at 1:29 pm

    O ser humano é covarde. Não ha sombra de dúvidas nisso.

  4. Karin k. Carteri said, on 14/09/2009 at 1:41 pm

    Tem um selo pro teu blog lá no meu! Passa lá pra pegar!

  5. nanyajima said, on 15/09/2009 at 2:39 am

    aiii q horror!!!

    naum existe animal + cruel q o ser humano naum…

    belo blog!
    to seguindo

    ahh
    atualizei o meu
    http://www.aeddocotidiano.blogspot.com

  6. Jessica said, on 15/09/2009 at 4:10 pm

    Nossa amiga, que horrivel as imagens =/ mto triste.

  7. Júnior said, on 15/09/2009 at 4:58 pm

    A estupidez humana não tem limites…

  8. Diogo said, on 25/09/2009 at 5:39 pm

    creio que o que leva alguém a ter prazer de ver dois seres, que não seja esse alguém, brigando até a morte vem de lá do império romano. lembra dos gladiadores?
    a vida humana, no entanto, ganhou nesse meio tempo de lá pra cá muito valor, moral (a consciência de cada um) e legislativo (constituições de defesa à vida humana, defesa à criança, adolescente, bla bla bla…). o resto dos seres vivos, no entanto, não ganharam tamanho valor da época dos gladiadores pra cá.
    imagine só, hoje em dia, platéias assistindo por pura diversão homens se matando (algo tipo aquele filme, “cão de briga” – ou alguma coisa assim). seria algo extremamente inaceitável pela sociedade. não são poucos o que têm consciência das rinhas com animais e, no entanto, simplesmente ignoram.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: