The Sekhmet.

7.Testes em animais.

Posted in Animais. by Nathalia on 12/08/2009

Estava vendo os tópicos de uma comunidade no orkut sobre testes em animais e resolvi dar uma pesquisada mais abrangente sobre o assunto. Nunca fui a favor de testes em animais a não ser com relação ao teste de medicamentos, pq tirando isso, acho muito bem que empresas de estética, tabaco e afins, podem ultilizar outros métodos tecnológicos para fazerem suas pesquisas com maior eficácia sem ultilizar animais. Até porque é importante lembrar que o organismo dos animais reage de forma diferente.

Daí vem sempre aquele ignorante, “Ué, você prefere que façam testes em crianças?”, óbvio que não, em momento nenhum eu disse isso, mas por mais frio que seja o que vou dizer agora, ou chocante, acho que muitos desses testes deveriam ser feitos em presos cujos os crimes cometidos foram desumanos, táis como estupradores e pedófilos, porque pelo menos assim fariam algo útil a humanidade.

Sou uma pessoa que admira a ciência, eu amo a ciência e seu desenvolvimento, mas acho que pecam muito ainda com relação a testes em animais. Como já disse, embora cruel, testes com estes para medicamentos são necessários, mas de resto, já existe técnologia o suficiente para substituição, tanto que a empresa de cosméticos “Natura” encerrou seus testes em animais desde o ano de 2006. Pode ter saído mais caro, mas em compesação muitas vidas foram poupadas, e muitos atos de crueldade como a vivissecção deixaram de ser cometidos.

Muitos não sabem o que esses animais passam, acham apenas que um teste de um batom ou um lápis de olho é uma coisa fácil, mas selecionei alguns trechos de textos que esclarecem melhor tudo isso:

Vivissecção: Dissecação de animais vivos para estudos.
Testes em Animais: Todo e qualquer experimento com animais cuja finalidade é a obtenção de um resultado seja de comportamento, medicamento, cosmético ou ação de substâncias químicas em geral. Geralmente os experimentos são realizados sem anestésicos, podendo ou não envolver o ato da vivissecção.

“Não é possível aceitarmos um comitê de ética para experimentação animal, pois consideramos que não existe ética nesse tipo de experimentação. Quando nos referimos aos animais, independentemente da espécie, raça, cor ou sexo, partimos do pressuposto que são vidas, sentem dor, medo e tudo mais que podemos sentir.

Diferentemente do que muitos pensam, os animais não estão aqui para nos servir. É nosso dever respeitá-los e protegê-los como seres vivos.”

*Alguns testes.
Teste de Irritação dos Olhos: É utilizado para medir a ação nociva dos ingredientes químicos encontrados em produtos de limpeza e em cosméticos. Os produtos são aplicados diretamente nos olhos dos animais conscientes. Os coelhos são os animais mais utilizados nos testes Draize, pois são baratos e fáceis de manusear. Seus olhos grandes facilitam a observação dos resultados. Para prevenir a que arranquem seus próprios olhos (auto-mutilação), os animais são imobilizados em suportes, de onde somente as suas cabeças se projetam. É comum que seus olhos sejam mantidos abertos permanentemente através de clips de metal que seguram suas pálpebras. Durante o período do teste, os animais sofrem de dor extrema, uma vez, que não são anestesiados. Embora 72 horas geralmente sejam suficientes para a obtenção de resultado, a prova pode durar até 18 dias. Muitas vezes, usam-se os dois olhos de um mesmo coelho para diminuir custos. As reações observadas incluem processos inflamatórios das pálpebras e íris, úlceras, hemorragias ou mesmo cegueira. No final do teste os animais são mortos para averiguar os efeitos internos das substâncias experimentadas. No entanto, os olhos de coelho são um modelo pobre para olhos humanos.

Teste Draize de Irritação Dermal: Consiste em imobilizar o animal enquanto substâncias são aplicadas em peles raspadas e feridas (fita adesiva é pressionada firmemente na pele do animal e arrancada violentamente; repete-se esse processo até que surjam camadas de carne viva). Substâncias aplicadas à pele tosada do animal. Observam-se sinais de enrijecimento cutâneo, úlceras, edema etc..

Teste de Colisão: Os animais são lançados contra paredes de concreto. Babuínos, fêmeas grávidas e outros animais são arrebentados e mortos nesta prática.

Experimentos Armamentistas: Os animais são submetidos a testes de irradiação de armas químicas (apresentando sintomas como vômito, salivação intensa e letargia). São usados em provas biológicas (exposição à insetos hematófagos); testes balísticos (os animais servem de alvo); provas de explosão (os animais são expostos ao efeito bomba); testes de inalação de fumaça, provas de descompressão, testes sobre a força da gravidade, testes com gases tóxicos. São baleados na cabeça, para estudo da velocidade dos mísseis. Os animais normalmente usados são ovelhas, porcos, cães, coelhos, roedores e macacos. Os testes são executados meramente para testar a eficiência de armas de guerra, e não para aperfeiçoar o tratamento de vítimas de guerra.

Agora eu te pergunto, isso é realmente necessário?

*Avanços Médico-Científicos SEM a Experimentação em Animais:
01) Descoberta da relação entre colesterol e doenças cardíacas.
02) Descoberta da relação entre o hábito de fumar e o câncer, e a nutrição e câncer.
03) Descoberta da relação entre hipertensão e ataques cardíacos.
04) Descoberta das causas de traumatismos e os meios de prevenção.
05) Elucidação das muitas formas de doenças respiratórias.
06) Isolamento do vírus da AIDS.
07) Descoberta dos mecanismos de transmissão da AIDS.
08) Descoberta da penicilina e seus efeitos terapêuticos em várias doenças.
09) Descoberta do Raio-X.
10) Desenvolvimento de drogas anti-depressivas e anti-psicóticas.
11) Desenvolvimento de vacinas, como a febre amarela.
12) Descobrimento da relação entre exposição química e seus efeitos nocivos.
13) Descoberta do Fator RH humano.
14) Descoberta do mecanismo de proteína química nas células, incluindo substâncias nucléicas.
15) Desenvolvimento do tratamento hormonal para o câncer de próstata.
16) Descoberta dos processos químicos e fisiológicos do olho.
17) Interpretação do código genético e sua função na síntese de proteínas.
18) Descoberta do mecanismo de ação dos hormônios.
19) Entendimento da bioquímica do colesterol e “hipercolesterolemia” familiar.
20) Produção de “humulina”, cópia sintética da insulina humana, que causa menos reações alérgicas.
21) Entendimento da anatomia e fisiologia humana.

Fonte: http://www.pea.org.br/crueldade/testes/index.htm
Coloquei duas imagens nesse post, mas acho que seria bom entrar no site que usei como fonte e ver as imagens, chocantes, porém necessárias para saber a realidade desses animais.


http://www.animalsmatter.org/ Sua assinatura faz a diferença, ajude os animais.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: